Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Do Vale ao Cume - Aconcágua 2010/2011
 


Olá amigos! Fiquei de escrever mais sobre nossa aventura, mas de lá de Mendoza foi impossível. A tentação das visitas às vinícolas, as comidas e os helados deliciosos nos mantiveram fora da net. Pois bem , agora de volta ao nosso verdadeiro cume, o nosso lar, conto os capítulos finais da aventura!

Parei de contar no dia em que verdadeiramente iniciaríamos à subida a Grande Sentinela de Pedra. Então na manhã do dia 05, arrumamos as tralhas, despachamos algumas coisas com os porteadores (uns caras mega fortes e aclimatados), carregamos as mochilas, colocamos nossas botas duplas, ainda sem os crampons e fomos montanha acima. Nossa primeira parada seria Plaza Canadá a 5000m. Vencemos um desnível de 700m em 4 h mais ou menos. A subida foi tranquila, já conhecíamos o trajeto, pois já o tínhamos feito para aclimatar! Não sei se é bom ou ruim já conhecer o que vem pela frente.  Enfim, chegamos todos aparentemente bem. Montamos as barracas, estreamos a "cozinha'' da barraca. fizemos a comida, apreciamos o visual maravilhoso. Naquele dia haviam 2 planadores voando perto do cume. Foi um espetáculo maravilhoso! apreciamos o pôr do sol, às 9 da noite e fomos dormir. O próximo dia seria de mais ralação.

  Acampamento plaza Canadá

 léo preparando nosso jantar!

 Pôr do Sol em Canadá

 

Eu e o Léo, na medida do possível, dormimos bem. Qdo estávamos no Base, eu era a primeira a chegar no Domus, uma barraca com armação metálica, grande, onde fazíamos as refeições e ficávamos a maior parte do tempo. Me dava um pouco de agonia de ficar na barraca acordada. Mas, na montanha, só me restava ficar, pois lá fora o frio era grande! Qdo acordamos tivemos a surpresa de saber que nosso amigo Heitor,que dividia a barraca com o Rei decidira ir embora! Tinha dormido muito mal e sentia-se muito cansado. Tentamos convecê-lo de tentar continuar mais um pouco, já que ele parecia tão bem. Mas, ele disse que era melhor ir embora. Desceu sozinho com um rádio para comunicar-se com o Carlos. No dia seguinte juntou -se a outra expedição e retornou a Mendoza. Embora ele tivesse dito que nos aguardaria em Mendoza, achávamos ele tinha se mandado! Mas, tal foi nossa grata surpresa, qdo dia 10, ao chegarmos às 10 da noite em Mendoza, ele estava lá no hotel à nossa espera!!! ficamos muito felizes e depois nos divertimos muito curtindo as vinícolas e os restaurantes!!!

 Vamos voltar à montanha! Com mais um desfalque do nosso amigo Heitor, começamos dia 6, rumando a Nido de condores, a 5500m, nosso próximo acampamento.  O dia, como o anterior, estava muito bom. O que significa, muito bom: frio, é óbvio, mas sem neve, nem vento. Aliás, aquela ''janela'' de bom tempo que eu me referi realmente aconteceu. Os 4 dias mais críticos na montanha foram muito bons. Isso com certeza, ditou o sucesso da expedição. Mais 4 horas montanha acima, e chegávamos em Nido. Este acampamento é muito bonito. A gente já estava a 5500m e parecia estar numa planície. O por do sol é de arrebentar. Cada vez ficando mais frio. Na noite que dormimos lá, segundo o termômetro do nosso guia, estava -14oC dentro da barraca!!! Imaginem fora, então! Tudo que estava fora do saco de dormir, congelava! Pasta de dentes, lenço umedecido, água, até o xixi da noite!!!!

Este acampamento foi especial pra mim. o Léo me fez uma grande surpresa. Junto com as crianças, ele comprou um lindo anel pra mim. Sua primeira intenção era me dar qdo chegássemos no Cume. Mas ele resolveu me dar em Nido, com receio de não conseguir prossegiur. Fiquei muito emocionada!!!!

 Uma pose em Nido de Condores

 Pôr do Sol em Nido. Lindo!!!!

Muito bem, naquele acampamento, nosso amigo Rei chegou muito cansado e, por orientação dos nossos guias Carlos e Vico decidiu na manhã do dia seguinte, voltar para o acampamento base. Ficou lá e juntou-se a integrantes de outras expedições abertas. Fez novos amigos, 1 alemão, 1 canadense e 2 britânicos. E nós, nessas alturas, o grupo reduzido a 5 (Eu, Léo, Alexandre, Vico e Carlos) continuamos nossa saga de tentativa ao cume. Nesse dia nosso objetivo foi o Acampamento Cólera a 6000m. Anteriormente, a turma da Grade6 costumava ir para o Acampamento Berlim, bem próximo de Cólera, uns 300m, conforme vimos depois no mapa. Pra gente parecia 5km. Esta ano, mudaram a logística e nosso último acampamento foi então Cólera. Foi tb um dia puxado, pra variar. Não que a distância fosse muito longa, mas qualquer caminhadinha a 6000 não é moleza. Chegamos por lá mais ou menos às 3 da tarde. Fizemos todo o ritual da ''fabricação" de água, comemos e descansamos um pouco. Às 7 da noite fizemos uma reunião na nossa barraca, os 5. Léo chegou bem cansado este dia e decidiu não tentar o ataque ao Cume, pois nossos guias alertaram que seria o dia mais puxado de todos e que realmente pelo seu estado de cansaço, talvez ele não aguentasse. Por incrível que pareça eu estava me sentindo bem e eles disseram que eu teria condições de ir. Qto ao Alexandre, ele tb estava com dúvidas, decidiu que tentaria descansar e conforme ele acordasse no dia seguinte, tomaria uma decisão. É lógico que todos gostaríamos de tentar, mas para ele talvez fosse ainda mais importante, pois ano passado, ele já havia tentado, passado por todos os perrengues até o último acampamento, e não sentiu-se bem no dia dia D. Vico e Carlos passaram todas as orientações e combinamos acordar as 3:30 da matina, arrumar tudo e sair às 5:30hs. Foi uma noite difícil, muito frio, além da ansiedade e falta de oxigênio. Acordamos às 3:30, comemos alguma coisa, nos arrumamos e exatamente no horário combinado, saímos. Um frio de rachar, escuro ainda, o céu estrelado. O Alexandre acordou bem  decidiu tentar. O léo ficou. Segundo ele, foi um dos piores dias de sua vida. A angústia por notícias, o frio e a altitude o castigaram. E nós, tb sofremos. Realmente, não é fácil! Caminhamos por 8horas e meia com algumas paradas para retomar o fôlego, ir ao ''banheiro'', beber água e tomar uns géis de carboidrato, nossa fonte de energia durante o trajeto (eu tomei 6). O dia estava perfeito, sem vento ou neve. Finalmente, às 3 da tarde do dia 08, chegamos finalmente ao CUME!!!!! Nós 4, Alexandre, eu, Vico e Carlos. Era a estréia do Cume para nós 3 brasileiros e o 16o do Vico. Foi emocionamente, mas muito, mas muito exaustivo ! tiramos muitas fotos, apreciamos o visual. De lá avistamos o Cume da Face Sul, muito bonito! Ficamos lá por uns 20 minutos e já começamos a descer. A descida foi punk tb, mas muito mesmo. O que demorarmos quase 9 horas pra subir, descemos em 3horas e meia. Chegamos ainda mais exaustos. Qdo digo chegamos exaustos, me refiro a mim e ao Alexandre. Nossos guias estavam inteiraços!!

 Finalmente, o CUME!!! Da esq. pra dir.: alexandre, Carlos e Eu

 

O Léo estava lá à nossa espera!! Cuidou de mim, esquentou água, fez comida! Dormimos mais uma noite em Cólera e no dia seguinte numa descida desenfreada chegamos no Acampamento-Base! Como diz o ditado, nas descida, ''Todo santo ajuda".  Rei estava lá à nossa espera, junto com seus ''amigos" gringos! Foi uma Festa, com direito a Coca-Cola e pizza! Depois de descansarmos um pouco caminhamos até o Hotel Refúgio para deixar a recordação da nossa expedição!

 

Dormimos una noite no Base e no dia seguinte, dia 10, descemos pra Mendoza!

Caminhamos mais 9 horas, só pra dar uma variadinha! Chegamos em Mendoza às 10 da noite, ávidos por um banho e por comida! Como disse, Heitor estava à nossa espera! Tomamos um banho e fomos comemorar em um restaurante!

Os dias que se seguiram foram só relax e muito vinho!!!

Agradecemos a todos pela torcida! Agradeço muito ao pessoal da Grade6! Carlos, Jus e Eduardo, vcs são 10!

Fizemos novos ótimos amigos! Até já fizemos nosso primeiro de muitos encontros pós-montanha. Foi ontem no Armazém da Pizza, do Heitor, em Sõa José. Foi super legal!

Um beijo a todos e até a próxima aventura!!!

 



Escrito por Taciana e Léo às 18h24
[] [envie esta mensagem
] []





Olá pessoal!!!!!!!!!! Agora direto de Campo Grande, com o coração mais tranquilo e CHEIA de ORGULHO, do TODOS NÓS, q enfrentamos o desafio, interno e externo, e conseguimos cada um de nós, atingir o NOSSO PRÓPRIO CUME!!!!!!! Grande pensador o nosso guia do Brasil, o Carlos Santalena, q nos dizia antes da expedição q cada conquista ou cada etapa no Aconcágua era um cume. Super verdadeiro Carlos. Bjs para vc! E aos meus amigos q nessa hora devem estar se acabando nas lindas vinícolas de Mendoza, o meu respeito, admiração e orgulho por ter participado desta turma q LEVOU O VALE AO CUME!!!!!!!!! Não vejo a hora de rever todos e conversar muito sobre tudo, agora em condições adequadas de temperatura e conforto! Enquanto vcs se divertem eu já tenho q estar voltada p/ os estudos......Bjs p/ vcs! Filomena 



Escrito por Taciana e Léo às 16h18
[] [envie esta mensagem
] []





chegamos saos e salvos

olá queridos amigos e familiares!! Enfim chegamos novamente a mendoza!! Nossa aventura no Aconcágua chegou ao fim! Graças a Deus, todos retornamos muito bem, muito cansados, muito sujos, muito magros, mas MUITO FELIZES!!! Cada um atingiu o seu cume! Alguns desceram antes da montanha, já que a altitude castigou-nos muito. Mas cada momento curtido, cada metro atingido, valeu muito a pena. Ficamos no Acamapamento base fazendo a aclimataçao para a subida definitiva por alguns dias.  Depois da epopéia para chegar no acampamento base, já descrita pela Filomena, descansamos um dia no acampamento base. No dia seguinte, fizemos nossa primeira ascensao ao acampamento 1 (Plaza Canada - 5.000m) para aclimataçao e porteio de alimentos. Neste dia já estreamaos nossas botas duplas, parecíamos uns astroanautas. O tempo nao estava muito bom, ficamos lá em cima por pouco tempo e voltamos pra base. Neste dia, além da turma da expediçao tb subiu com a gente, o Eduardo, o outro guia da Grade6. Ele acompanhou a turma do trekking. Mas neste dia, quis sentir um pouquinho o gostinho da montanha e foi com a gente. Fizemos a subida em 4 horas e descemos em 40 minutos, uma descida eletrizante!!!

No dia seguinte (02/01), nos despedimos da turma de Filó & Cia, que voltaram para Mendoza, acompanhados do nosso amigo Caio. E a turma da expediçao, fomos a uma outra montanha próxima, o Cerro Bonete (5.100m) para aclimatar. Foi um dia e tanto, fizemos nosso primeiro cume, debaixo de muita neve e vento. Foi emocionante! Nessa altura estávamos Eu (Taci), Léo, Heitor, Reinaldo, Alexandre e Carlos. Quem nos acompanhou tb foi o Berni, um guia argentino. Na volta para o acampamento, paramos no Hotel refúgio para tomar um chá e descandçsar. Foi muito legal, o astral de lá é muito bom. Muitas expediçoes deixam por lá recordaçoes de seus feitos. nos tb o fizemos, mas depois eu conto e mostro as fotos. Nos dias 03 e 04 ficamos descansando e acompanhando as previsoes de tempo para a montanha. Isto tudo é muito interessante, os guias se conversam, falam com os que estao lá em cima. nosso querido guia guia Carlos chegou entao com a noticia que de 5 a 8 seria uma " janela" de bom tempo e que tínhamos que aproveitar esta data.

Entao recuperamos nossa energias nos dias 3 e 4, preparamos todo o equipamento, conhecemos e tivemos boas conversas com o Vico, o guia argentino, que junto com o Carlos nos acompanharia montanha acima! E dia 5, as 10 da manha, realmente comecamos nossa ascençao a Sentinela de Pedra, imponente e linda, indescritível.

Gente, mais tarde conto mais!! estamos aqui em Mendoza, doidos pra tomar um vinho e cirtir um calor.Vou ligar pra turminha de casa, que estamos muito saudosos. Lemos todos os comentários e ficamos muito felizes de sabe que nossos grandes amigos estavam com a gente nesses momentos que foram maravilhosos em nossas vidas. um beijo e até mais tarde! Taci e Léo



Escrito por Taciana e Léo às 10h15
[] [envie esta mensagem
] []





Olá  pessoal! Vai aí uma foto da entrada do Parque do Aconcágua. Orcones! Assim que conseguir operar melhor a inserção de fotos mando mais. Filomena



Escrito por Taciana e Léo às 18h37
[] [envie esta mensagem
] []





Olá pessoal! Bem não consegui cumprir muito bem a minha missão de colocá-los a par dos acontecimentos lá no Aconcágua. Mas vamos lá. Em Mendoza não consegui mandar mais nada, poque depois de uma tarde de degustação de vinhos..... tive que dormir. A recuperação das forças acontece gradativamente. Acho que o desgaste é taõ intenso que o corpo não se recupera de uma hora para a outra. Mas vamos ao que interessa. Como foi a nossa ida para o Campo Base. Para a Plaza de Mulas. Foram 10h de caminhada com ascenção de 1.000m. Antes de eu ir eu dizia que eu "só" ia até o campo base. Hoje definitivamente a palavra "só" está excluída desta frase. Digo com orgulho de quem venceu um super desafio que "FUI ATÉ O ACAMPAMENTO BASE  DO ACONCÁGUA"!!!!!!!!! Já tínhamos ouvido dizer que este era um dia muito intenso e que segundo o pessoal que já havia estado lá, seria depois do tentativa de atingir o cume, a segunda etapa mais difícil. Bem, não dá para imaginar até se estar lá. Partimos de Confluência, logo pela manhã. Depois de uma parte de subidas e descidas, chegamos à Playa Ancha, uma área plana de 26km. O lugar é deslumbrante, porque tudo em volta é impactante pelas cores das montanhas e pelo tamanho delas. Mas realmente neste momento parece que aquela caminhada não tem fim. Você vê as pessoa ao longe e o tamanho delas te mostra o quanto você ainda está distante. Sem contar que durante este dia nevava e estava bem frio. Fizemos algumas paradas ao longo do caminho para comer e beber água. Dava para descansar um pouquinho, mas não o suficiente. Depois de umas 5-6h de caminhada, chagamos a um abrigo, meio destuído, que fica logo antes de iniciar a subida para a Plaza de Mulas, que de acordo com uma placa ficava a 4h dali. Descansamos um pouco mais porque muitos já estavam bastante exaustos. E aì......começamos a subir! Nesta hora nevava muito e ventava também. O vento fazia com que a neve batesse forte nos nosso rosto e a gente só tinha consciência que não podia parar e nem retornar. Era seguir adiante! Sem saber a que distância estávamos do campo base. E na verdade ninguém queria muito perguntar para ver se assim a gente continha a ansiedade. A trilha não é muito larga e sendo assim assusta um pouco, principalmente naquelas condições climáticas. Eu só pensava "keep walking! don't look back! um passo depois do outro!". E rezava! E assim cada um de nós foi fazendo o seu mantra particular e enfrentando com coragem aquela subida, com o coração que acelerava e com a falta de ar que vinha e ia. Qdo avistamos a bandeira da Argentina, que fica em uma elevação na entrada da Plaza de Mulas, sabíamos que estávamos perto. Naquele momento eu não tinha sequer a noção de quanto tempo havia se passado. Só quando chegamos ao domo da Aymará, reservado para nós é que fiquei sabendo que tínhamos feito todo o trajeto em um tempo bem razoável: 10h!!!!!!!!  Ai cada um de nós teve uma reação diferente, não só naquele momento mas nos dias que se seguiram.... Volto a contar mais depois. Agora quero que todos concentrem o pensamento e a energia para o sucesso dos meus amigos que ainda estão lá tentando o cume. Não tive notícias deles desde que saí de lá. Até porque não seria possível eles se comunicarem conosco. Bem vamos continuar torcendo muito para o sucesso deles. Filomena



Escrito por Taciana e Léo às 10h31
[] [envie esta mensagem
] []





Hola pessoal,

Cá estou eu de volta a Mendonza e com a missao de colocar uma menssagem no blog. Antes de tudo, tenho que dizer para todos as pessoas das famílias dos que estao lá, q eles mandam dizer q estao com muuuuuuuiiiiiiittttttttaaaaaa saudade de voces. Voces sao lembrados sempre som muito carinho e nossas conversas sempre falavam de voces. Estao sintam-se queridos e la com eles. Cheguei a Mendonza perto da meia-noite do dia 02/01/2011, depois de uma caminhada de 32kms, com direito a tres paradinhas de uns 15min. Pq isso??? Pq queríamos chegar para tomar um belo banho quente e finalmente dormir em uma cama.... Assim q chegamos fomos p/ um restaurante, comer..... Viemos do Campo Base, eu (Filomena), a Bia, o Caio, a Jus e o Eduardo da Grade 6. Acho q a Grade 6 deveria se tornar Grade 10, pq o pessoal de lá é simplesmente 10!!! Mas falo mais sobre eles depois. Levamos 9;30hs para cobrir todo o trajeto e chegarmos a entrada do Parque do Aconcágua e daí voltamos p/ cá no Jipe do Carlos, da Grade 6, com direito a muito raggae e muita conversa sobre o trekking.... O que dizer desta experiencia????? Única, incrível, inacreditável, fantástica, muuuuuuuiiiiiiiittttttttoooooooo difícil!!!!!!! Principalmente para nós os brasileiros, por cause do clima lá. Este ano tem muita neve e frio. Já experimentamos acordar pela manha e abrir a barraca e nos depararmos com tudo coberto de neve, no primeiro acampamto que ficamos dentro do Praque do Aconcágua. Coisa q nunca nenhuma das pessoas q estavam conosco tinha ouvido falar de acontecer em Confluência, nome deste acampamento. Entao foi lindo e um choque ao mesmo tempo, pq cmo seria conviver com tudoa aquilo????? Ficamos um dia e meio neste acampamneto e depois partimos para a camimhada até o acampamento seguimte, O Campo Base do Aconcágua! Aí vou ter q contar mais tarde esta parte, pq agora vou visitar umas vinícolas aqui em Mendonza. Afinal ninguém é de ferro!!!!!!!!!!! Bjs p/ todos, meus e dos q ainda estao lá, q continuam no meu coraçao e nos meus pensamentos todo o tempo...

Filomena 



Escrito por Taciana e Léo às 14h25
[] [envie esta mensagem
] []





Ola pessoal. Ca estamos, a Taciana, o Leo e eu a Filomena, no campo base do Aconcagua!!!!!!!!!! Ñ da p descrever nem o grau de dificuldade da aventura e nem a beleza do lugar. Estamos todos bem e assim q retornar e Mendoza mando mais detalhes. Por enquanto estamos vivendo inetnsamente este desafio e com muuuuuuuuuitas saudades de todos e do calor do nosso verao, visto q no momento neva muito aqui. Bjs a todos!



Escrito por Taciana e Léo às 18h21
[] [envie esta mensagem
] []





Olá pessoal. Estamos no hotel fazendo a nossa última refeiçao decente, antes de pagarmos a Van rumo a entrada do parque para início da nossa expediçao! O hall do hotel está tomado pelas nossas marinheiras e mochilas. Vc ñ sabe se está levando de mais ou de menos.... O que dizer para vcs???? É uma emoçao indescritível! É o desconhecido se abrindo perante nós!!!!!!! Levamos conosco, bem dentro dos nossos coraçoes, todos aqueles que amamos, porque eles sao parte desta estória e desta história! Um super beijo para todos. Filomena



Escrito por Taciana e Léo às 13h41
[] [envie esta mensagem
] []





Olá amigos e família. Agora estamos com tudo praticamente pronto. Daqui a pouco vamos para Puente Del Inca a 200km daqui para a entrada do Parque do Aconcágua. Passaremos a noite em uma Hostería e amanha cedo finalmente entraremos na montanha. todos estao super agitados e ansiosos. acabei alugando masis um casaco de pluma de ganso, com medo de todos os outros que tenho serem insuficientes. Com  Cada um que conversamos ficamos mais ansisosos e dimensionando cada vez o que nos aguarda. O grupo está muito unido e amigos tao recentes já se mostram muito verdadeiros, todos se ajudando, oferecendo o tem de extra para o outro 8meias, pilhas, tang, nalgenes). Muito legal isso. Com Certeza teremos uma experiencia única em nossas vidas!!!

Assim que der mando mais notícias! Acabei de ligar para Bi e o Heitor. Estao ótimos, estou bem tranquila. Sei que estao torcendo a distancia por nós. MInha mae está cuidando muito bem deles. Estarei para sempre agradecida.

Bjs a todos

Taciana



Escrito por Taciana e Léo às 12h22
[] [envie esta mensagem
] []





Bom Dia! Ontem foi um dia cheio de afazeres por aqui. Depois do café fizemos uma reuniao com o Carlos e ele nos passou que teríamos que separar nossa tralha em 4 partes. Tudo o que só seria usado na cidade deve ficar no hotel e pegamos na volta (roupa da viagem, roupas para passear, etc), 1 mochila que vai com a gente com tralha para 2 dias, 1 saco com saco de dormir, isolantes, casaco pluma de ganso e uma segunda pele, que as mulas vao levar até Confluência, nosso primeiro acampamento e o resto da tralha fica na marinheira e vai direto com as mulas para o Acampamento Base. Ontem saímos para resolver o permisso. Tivemos quer pagar a taxa em um lugar e depois entregar os documentos preenchidos em outro lugar. Além disso, ficamos tentando trocar a grana, ontem como era domingo tinha muita coisa fechada e dificultou um pouco. Depois almoçamos e fomos pra loja de equipamentos para alugar ou comprar o que faltava. Experimentamos botas, luvas, casacos, ficamos lá um tempao, mas deu pra acertar tudo. Aí fomos para o Carrefour fazer umas comprinhas de água e bobeirinhas. E finalmentte fomos pro hotel, o calor aqui é infernal. Pegamos uma piscinha, pois ninguém é de ferro e fomos a um cochilinho (este foi em homenagem a tia Valéria). Mais tarde saímos pra jantar e na volta ficamos até a 1 da manha separando a tralha. Hj já estamos de pé, vamos tomar café e conferir a bagagem. Nao vemos a horta de ir pra montanha.

Bi e Heitor, estamos com saudades! Se cuidem! Bjs

Todos felizes e contentes exibindo os permissos:Em pé (da esq. pra dir.): Reinaldo, Taciana, Filomena, Carlos Canellas, Alexandre e Eduardo. Agachados: Léo, Heitor, Carlos Santalena, Caio e Jus (namorada do Carlos Santalena)



Escrito por Taciana e Léo às 08h15
[] [envie esta mensagem
] []





Bom Dia!
A turma do Vale ao Cume já se correspondendo logo cedo. Fizemos boa viagem, só tirando o perrengue de mudar de aeroporto. A Aerolineas ia pagar o taxi, deu o maior rolo, gastei todo o meu espanhol aprendido em 6 meses de aula, mas nao rolou. Tudo bem. Já no aviao conhecemos mais um integrante da turma, o Alexandre. Um surfista de SP muito simpático tb. Montanhista se reconhece de longe. é só olhar a bagagem, kkkk.
Estamos aproveitando enquanto tem mordomia. Estamos num hotel delicioso, já tomei 2 banhos. Aqui é uma hora a menos. Chegamos ontem meia noite aqui, 1 da matina aí. Combinamos o café da manha para as 8, mas eu desci as 7:30 só pra olhar os emails e escrever pra vcs. Caio e Rei chegaram ontem, mas ainda nao os encontramos, hj chega Bia. Filó adorou a bagunca do aeroporto. 
Acabamos de tomar café, preenchemos um monte de papéis para conseguir o permisso. Hj vamos alugar o equipamento que falta e comprar o permisso para entrada na montanha.
Até mais tarde
BJS

Tati, Léo e turma do Vale ao Cume

A bagunça começou já no aeroporto

 



Escrito por Taciana e Léo às 09h33
[] [envie esta mensagem
] []





Bem finalmente consigo colocar algo no blog. Estamos em Mendoza e estamos chegando a parte final e tao esperada da nossa viagem, que para mim começou em julho/2010, qdo a Taciana me aliciou para este projeto!!!!!!!!!!!!! Mas q é só e simplesmente MARAVILHOSO!!!!!!!Muitas emoçoes nestes últimos dias...... maravilhosas em todos os sentidos..... Agora é chegar ao destino, mas vivendo cada etapa da jornada!!!!!!!No momento a turma está quase toda reunida, só falta a Bia, e rola um certo medinho geral junto com um super entusiasmo...... Para alguns de nòs, iniciantes, tudo é muito diferente. Ao preencher os formulários de saúde ja rola um certo orgulho e gratidao por nao ser portador de nada e nem usuario de qq medicamento. E assim a montanha ja vai nos mostrando os verdadeiros valores da vida! Q seja! Filomena



Escrito por Taciana e Léo às 09h32
[] [envie esta mensagem
] []





Chegou o dia! Daqui a pouco vamos pra Guarulhos pegar o avião para Buenos Aires e depois para Mendoza. Passamos um ótimo Natal junto de toda a família e agora estamos literalmente fechando as mochilas! Fizemos uma lista de tudo que estamos levando. Fora a lista de roupas e equipamentos que seguimos a risca, listamos toda a comida que estamos levando, haja comida!!! Lemos em alguns sites e blogs que algumas pessoas emagrecem bastante na montanha. Temos a impressão que vamos engordar de tanta comida que estamos levando!!! fora tudo isso, um baralhinho e um ipod com uma seleção bem legal de músicas tb compõem a bagagem. ontem ganhei de Natal da bianca um caderno e caneta para fazer o diário de bordo, com uma dedicatória linda! Ah, não esquecemos a plaquinha com o nome da Família Marco Ferraz Caneppele, a pedido especial de todos da Família Marco!!!

Então, agora nos comunicamos de Mendoza. Nossa previsão de chegada em mendoza é as 23:30h. Previsão, pois hj os aeroportos devem estar bem movimentados, pois vamos de Aerolineas Argentinas, que antes de embarcamos já cancelou nossos vôos e nos colocou em outro. Quero só ver!!!

Bjs a todos!!

As marinheiras, que são esses sacos de lonas, onde colocamos toda a tralha e mais uma mochila carregada de comida que vai com a gente como bagagem de mão pra não dar excesso de peso de bagagem!! espero que não extraviem.

Plaquinha da Família pra levar ao Cume!!!



Escrito por Taciana e Léo às 08h08
[] [envie esta mensagem
] []





FECHANDO AS MOCHILAS

Pois então meus amigos, está chegando o dia de embarcarmos pra nossa aventura. Partimos dia 25. Nossa tralha está aparentemente toda providenciada. Hj a noite, faremos o checklist e fecharemos a mala, para amanhã poder curtir o Natal com a família. Tem de tudo no marinheira (saco de lona que recebemos da Grade6). Tem comida liofilizada, frutas secas, quitutes para café da manhã, roupas, fogareiro, sacos de lixo, garrafas Nalgene, kit de higiene pessoal, filtro solar, lanternas, meias, luvas, tudo de bastante. Estamos com medo de dar excesso de bagagem no avião e o pior, excesso de bagagem nas mulas!!!!! Teremos queridas mulas que até o acampamento base a 4300mts de altitude carregarão um pouco dos nossos suprimentos. A partir do Base, as coisas ficarão um pouquinho mais complicadas. Hj vi a previsão do tempo por lá. Tem um site bem legal que mostra a previsão de temperatura e ventos por 6 dias lá no cume. http://www.snow-forecast.com/resorts/Aconcagua/6day/top  Tem dia que dá até medo. Ventos de 80km/h, levando a temperatura pra -25 a -30oC. Tá frio só de pensar!!! Mas já vi dias bem mlhores, tipo -13, -14. dá até calor, ahahahahah!!!! Hj por exemplo, tá feio. Ventos de 80km/h, nevando, com temperatura de -16. Se vc hj o nosso dia de "Ataque ao cume" certamente abortaríamos a tentativa. Pensando nisso, nossos guias já planejam a viagem de modo a deixar 3 dias extras, caso no dia D, o clima não colaborar podemos esperar o máximo por mais 3 dias pra fazer a tentativa do Cume. Às vezes, penso que muita pretensão a nossa de chegar ao Cume, mas qdo penso na torcida e em tudo que planejamos vejo algumas possibilidades!!! O negócio é fazer a nossa parte e contar com a colaboração da Montanha!!!



Escrito por Taciana e Léo às 08h53
[] [envie esta mensagem
] []





Faltam 11 dias! hj eu a Filomena saímos para resolver as camisas da Equipe. Agora nos empolgamos com essa história. Já temos o logo e as camisas. Amanhã mando silkar. Ainda faremos adesivos pra colocar nas marinheiras, canecas e nalgenes!

A cada dia que passa a gente lembra de mais um detalhe a providenciar. A Grade6 tem uma lista bem detalhada de tudo que precisamos levar, mas em relação aos itens de higiene pessoal, medicamentos, é muito particular, então é por nossa conta mesmo. Como já disse, temos que pensar em tudo que poderemos precisar lá e levar daqui, mas tomando tb o cuidado de não levar demais, pois o peso em excesso também é um problema, já que temos cota para as mulas carregarem e depois de um certo ponto tb será por nossa conta. Pra vcs terem uma ideia, cada pessoa precisa levar de 30 a 35 pacotes de suco em pó, tipo Tang ou Clight, pra colocar na água que vamos beber. Devemos fazer isso por 2 motivos: para repor sais minerais, já que usaremos neve derretida e tb pra melhorar o gosto, já que a água de lá pelo jeito não é inodora, incolor e insípida, como uma água deveria ser. Além disso, precisamos colocar hidrosteril para matar as bactérias e ainda coar a água com filtro de café pra tirar as partículas sólidas!!! Ja'pereceberam que só o ritual da preparação da água será uma aventura!!

Amanhã conto mais um pouquinho do que nos aguarda! E logicamente depois vou contar se era tudo verdade ou pior ainda!!!

Vejam o que acham do logo da Equipe



Escrito por Taciana e Léo às 22h30
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]